CÁRITAS DIOCESANA UTILIZA BARCO SOM PARA CONSCIENTIZAR SOBRE A CAMPANHA FAÇA BONITO

por PASCOM / Diocese de Abaetetuba

A equipe do ‘Projeto Içá da Paróquia das Ilhas’, da Cáritas da Diocese de Abaetetuba, realizou na semana passada, de 13 a 17, a ‘Campanha Faça Bonito’ que ao longo dos 41 rios da região, visitou 49 comunidades e 31 escolas conscientizando a população, através do voluntariado, a se engajarem na prevenção contra o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

Com uma estratégia de comunicação, a fim de alcançar o maior número de pessoas, a equipe  utilizou o ‘barco som’, onde os membros do projeto Içá junto com integrantes da rede de proteção e do Sistema de Garantia de Direitos,  a fim de sensibilizar sobre a necessidade da prevenção e, de criar políticas afirmativas de atenção e atendimentos especializados às vítimas de violência Sexual.

Esta iniciativa contou com a parceria e participação do Conselho Tutelar Rural, da promotora de justiça do Ministério Público do Pará, Dra. Adriana Passos Ferreira, do Conselho municipal dos direitos da criança e dos Adolescentes e do CRAS Quilombola, fortalecendo ainda mais a rede de proteção.

Para Ana Botelho, diretora executiva da Cáritas Dom Ângelo Frosi da Diocese de Abaetetuba, a ação foi muito importante porque envolveu o protagonismo dos ribeirinhos “muito importante navegar com a campanha [Faça Bonito], pelos rios, furos, baías e igarapés da amazônia no barco som, alcançando as comunidades em geral, para divulgar a campanha de mobilização com narrativas de membros da rede de proteção, com paradas nas escolas públicas da região, para dialogar com crianças, adolescentes e profissionais da educação e da saúde, sobre a necessidade de abordar a problemática da violência sexual e incentivar a notificação e a denúncia”, disse a diretora que continuou.

“outra relevância é o envolvimento e protagonismo de ribeirinhos e quilombolas adolescentes e crianças das ilhas de Abaetetuba, que integram o projeto Içá Ação e Proteção na Região, pois   mobilizam, passando nas salas de aulas, divulgando o material da campanha e convocando para a autoproteção e engajamento no enfrentamento do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”, concluiu Ana Botelho.

É missão da Cáritas Brasileira defender todas as formas de vida, nos diversos territórios e incentivar todos os agentes cáritas para lutar por uma infância e adolescência, sem violência sexual. Construindo um futuro mais seguro e acolhedor para as crianças e adolescentes.

A luta contra o abuso e a exploração sexual pertence a todas as pessoas, que precisam continuar ecoando a mensagem de defesa e proteção, por uma infância e adolescência sem abuso e exploração sexual.

Notícias

113ª REUNIÃO DO CONSELHO PERMANENTE DA CNBB FINALIZOU NESTA QUINTA-FEIRA

por Vívian Marler / Comunicação Regional Norte 2 com informações e fotos da Comunicação CNBB Finalizou hoje (20), em Brasília (DF), a 113ª reunião do Conselho Permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que refletiu ao longo de três dias assuntos...

DIOCESE DE MARABÁ REALIZA CONGRESSO DIOCESANO DO APOSTOLADO DA ORAÇÃO

  por Vívian Marler / Comunicação Regional Norte 2 com informações da Pascom / Diocese de Marabá A Diocese de Marabá realizou, no domingo (16), o ‘XXII Congresso do Apostolado da Oração’ na Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, na cidade de Canaã dos...

DIOCESE DE CAMETÁ REALIZA ENCONTRO DIOCESANO DA PASTORAL DO DÍZIMO

por Claudio Henrique da Cruz / Pastoral do Dízimo na Diocese de Cametá A Diocese de Cametá realizou nos dias 14 e 15 passado, no Centro de Formação São Vicente de Paulo, em Cametá (PA) o “Encontro Diocesano da Pastoral do Dízimo”, com o tema ‘Reflexões sobre o...

DIOCESE DE XINGU ALTAMIRA ENCERROU OS FESTEJOS DO SEU PADROEIRO

por PASCOM / Diocese de Xingu Altamira A Festividade do Sagrado Coração de Jesus, padroeiro da matriz da Diocese de Xingu Altamira, encerrou no domingo (9) com adoração ao Santíssimo Sacramento, seguida de procissão que saiu da Igreja Nossa Senhora de Nazaré,...