IAM COMEMORA OS 180 ANOS COM PEREGRINAÇÃO E CELEBRAÇÃO EUCARISTICA NA BASÍLICA DE NAZARÉ

por Vívian Marler

Pascom CNBBN2

A Infância e Adolescência Missionária (IAM) comemorou, hoje (9), com uma Celebração Eucarística na Basílica de Nazaré, os 180 anos de existência da obra, que tem como tripé oração, sacrifício e solidariedade.

A comemoração pelo centenário aconteceu em todo o mundo. No Estado do Pará, Belém foi escolhida para realizar uma Peregrinação Religiosa à Basílica Santuário Nossa Senhora de Nazaré e Catedral da Sé, expressando gratidão a Deus e a Virgem Maria, mãe de todos os povos por fazer dos pequenos do reino protagonistas da Evangelização, com o objetivo de mostrar o rosto e ardor missionário presente em cada criança e adolescente atuante em nossa Amazônia.

A Infância e Adolescência Missionária (IAM) compõe o conjunto das quatro obras pontifícias denominadas como Pontifícias Obras Missionárias (POM), que são organismos oficiais da Igreja católica que trabalham para intensificar a animação, a formação e a cooperação missionária em todo o mundo.

História

A Pontifícia Obra da Infância e Adolescência Missionária (IAM) foi fundada por Dom Carlos Forbin-Janson, Bispo de Nancy, França, em 19 de maio de 1843. Carlos Forbin Janson sempre se interessou muito pela realidade e evangelização dos povos. Já na adolescência manteve estreita ligação com os missionários da China.

O bispo convocou algumas crianças francesas para rezar pelas crianças chinesas. Assim, as crianças francesas comprometeram-se a rezar uma Ave-Maria por dia pelas crianças da China e a ajudá-las com uma moeda ao mês, expressão de caridade cristã e solidariedade universal, sob orientação de Paulina Jaricot, fundadora da Pontifícia Obra da Propagação da Fé.

Entre os compromissos da IAM destacam-se três: oração diária para as crianças do mundo todo; um sacrifício mensal (uma moeda) e a vivência da solidariedade dentro e fora do ambiente escolar. É um tempo especial e forte para despertar a liderança e o protagonismo para todas as crianças e adolescentes.

O trabalho realizado com as crianças da infância missionária é o de visitar doentes, divulgam notícias missionárias, participam em programas de TV, Rádio. São “pequenos grandes missionários”. Aprendem a amar as outras crianças, como Jesus as amou.

Notícias

ORDENAÇÃO DE 23 NOVOS DIÁCONOS PERMANENTES PARA A DIOCESE DE BRAGANÇA

por Leydson Britto / Pascom da Diocese de Bragança fotos Matheus Felipe, Marcos Vincius / Pascom da Diocese de BragançaNo último sábado (24), o Ginásio Dom Eliseu foi palco da Ordenação de 23 Diáconos Permanentes, evento marcante para a Diocese. A celebração presidida...

O JOVEM E A VIVÊNCIA DA QUARESMA NO SEU AMBIENTE PAROQUIAL

por Pe Demisson Batista/ Assessor do Setor Juventude Belém e Padre Referencial para a Pastoral Juvenil no Regional Norte 2foto: MaracomVocê pode se perguntar como um jovem pode viver a Quaresma em seu ambiente paroquial, e a resposta imediata é com a oração, a...

III FORUM DE MULHERES DO BAIXO AMAZONAS

por Pascom / Diocese de ÓbidosA Diocese de Óbidos, através da Associação Beneficente Emaús, convida a população em geral para participar do III – Fórum de Mulheres do Baixos amazonas que realizar-se-á no município de Óbidos nos dias 21 e 22 de março de 2024, na Boate...

“PRIORIZAR O PROCESSO DE INICIAÇÃO À VIDA CRISTÔ*

por Pascom Arquidiocese de BelémA Arquidiocese de Belém participa da 5ª edição do Congresso nacional para catequistas, conhecido como CATEQUISTAS BRASIL. É o 5º ano consecutivo que os catequistas de Belém marcam presença no congresso e, dessa vez, como a maior...